Veja agora essas 3 dicas de como desenhar rosas realistas

Tribal, oriental, desenhos geométricos são alguns dos diferente tipos de estilos presentes no mundo das tatuagens. Nos últimos tempos, um estilo vem ganhando cada vez mais espaço e interesse, o desenho realista.

Mas, afinal, o que é a tatuagem de desenho realista? Conhecida por retratar da forma mais fiel possível pessoas, animais, objetos, fazendo uso de técnicas de luz, sombra, cor e profundidade, a tatuagem de desenho realista garante um traço muito próximo do real.

Desenhos de flores, principalmente rosas, costumam fazer sucesso especialmente entre as mulheres, e desenhar rosas realistas acaba sendo um ponto a mais para o tatuador frente aos clientes. Ter a capacidade de utilizar a luz e sombra a seu favor, saber como aplicar cores e reproduzir cada parte da imagem fielmente, são coisas que chamam atenção e atraem um número maior de entusiastas de tatuagem.

Desenhar rosas realistas pode parecer difícil de início. Por isso, resolvemos te ajudar dando algumas dicas para tornar essa tarefa um pouco mais fácil.

Técnica de luz e sombra

Uma das questões mais importantes, ao fazer um desenho realista, é o uso da técnica de luz e sombra. O artista tem sempre que prestar atenção em como a luz é refletida da figura real para que possa reproduzi-la no desenho a ser retratado. Ao se fazer uma rosa, por exemplo, o tatuador pode usar a maneira como a luz se projeta na figura para dar um ar de profundidade ou até mesmo definir volume, detalhes e contornos.

Pigmentologia ou colorimetria

Preste muita atenção às cores que serão utilizadas para fazer suas rosas. Atualmente, a indústria já produz pigmentos na concentração adequada para cada tom, mas conhecer as cores e como elas funcionam pode ser um diferencial.

Um ótimo exemplo disso são os caules e pétalas de rosas: o cliente ou o próprio tatuador podem optar por fazer em cores ou nuances diferentes, e saber como dispor esses pigmentos acaba sendo um requisito.

Estude e treine as rosas realistas

Rosas podem ser retratadas ou desenhadas de várias maneiras diferentes, e nada melhor para ficar expert do que treinar muito. Estude bem a figura real — nesse caso, a rosa. Preste atenção em todos os detalhes: as pétalas, os espinhos, as folhas ou até mesmo a maneira como a rosa está inclinada.

Quando nos adaptamos a fazer alguma coisa, isso se torna natural e automático. Com algo novo, também pode ser assim: quanto mais praticar, melhor ficará.

O mercado de tatuagens vem ampliando cada vez mais e, se o tatuador não se atualizar constantemente, vai acabar perdendo clientes. Procurar se manter atualizado, e saber realizar o que é proposto pelo cliente, está deixando de ser opção e se tornando essencial. Treinar e estudar são os pontos principais para fazer rosas realistas cada vez melhores: quanto mais desenhar e estudar o modelo real, melhor vai ser o desenho da tatuagem.

Gostou dessas dicas e quer saber mais sobre como desenhar rosas realistas? Aqui na Tattoo Cursos temos um curso sobre isso: clique aqui e conheça mais sobre a arte de tatuar!

banner-ebook-2
Recent Posts