9 Dicas matadoras para tatuadores iniciantes

O mercado para tatuadores iniciantes está cada vez mais concorrido. Afinal, essa é uma profissão que exige não apenas talento, mas principalmente técnica, disciplina, esforço pessoal e muita prática para crescer e receber reconhecimento pelo seu trabalho.

No post de hoje, listamos 9 dicas indispensáveis para você fazer a diferença no início da carreira. Acompanhe!

1. Aprenda a desenhar

Um bom tatuador também é antes de mais nada, um bom desenhista. Afinal, essa técnica permite que você encontre seu traço e tenha um estilo próprio ao tatuar que o diferencie de outros profissionais da área e, claro, atraia as pessoas para o seu estúdio.

Portanto, procure desenvolver suas habilidades quanto a essa arte. Você pode começar com símbolos mais simples, como letras e formas geométricas, até adquirir o domínio para realizar desenhos tridimensionais, sombreados e imagens em perspectiva, por exemplo, o mais importante é praticar sempre que puder.

Essa dica já poderia ser considerada a mais importante para que sua carreira esteja no caminho certo, por isso, encontre uma boa escola de arte e faça aulas regulares para aperfeiçoar e aprender novas técnicas de desenho e pintura.

2. Praticar é fundamental para tatuadores iniciantes

Aprendeu a desenhar? Então é hora de praticar. Você já deve ter ouvido aquele ditado que diz que a prática leva à perfeição, não é verdade?

Para um tatuador que busca a excelência em seu trabalho, é fundamental ter domínio sobre o seu traço antes de realizar a tattoo na pele humana. Por isso, para te ajudar em seus exercícios, utilize pele de porco, pele sintética, ou até mesmo frutas para treinar sempre que possível.

Assim você ficará cada dia mais familiarizado com seu equipamento e conseguirá desenvolver a sensibilidade da sua mão na hora da aplicação da tinta na pele do cliente.

3. Faça o decalque da tattoo

Tatuar diretamente na pele é um dos piores erros que tatuadores iniciantes podem cometer. Sem a nitidez do desenho que o cliente deseja, o processo fica passível de erros e falhas que podem comprometer o resultado final.

Portanto, não importa qual seja a tattoo escolhida pela pessoa: sempre faça um decalque bem detalhado. Para tanto, você precisa ter em mãos a imagem de referência e utilizar um papel hectográfico para fazer as marcações das linhas da imagem desejada. Dessa forma, evitará distorções e erros amadores.

Lembre-se de ter calma nesta fase, o decalque serve como um mapa para uma boa tatuagem, quando você faz um decalque bem feito você já mentaliza os pequenos detalhes que a imagem possui, tornando mais fácil reproduzir cada detalhe da referência durante a tatuagem.

4. Saiba identificar os equipamentos corretos para você

Mesmo que você tenha uma boa técnica e seja capaz de reproduzir os mais complexos desenhos, há algo que pode atrapalhar e até mesmo prejudicar o resultado final do seu trabalho: a qualidade da tinta, das agulhas e de outros itens.

Justamente por essa razão, é fundamental que você tenha fornecedores selecionados e de confiança, que forneçam um material de qualidade para o seu estúdio.

Além disso, é importante sempre checar a validade dos produtos e o tempo de uso de cada tinta depois de aberta, além de experimentar sempre novos produtos e equipamentos para sentir a diferença prática entre eles, somente assim poderá avaliar qual o melhor equipamento se adapta ao seu trabalho.

Não existe uma lista única com os materiais ideais para tatuar, cada profissional trabalha de uma forma diferente e por isso utiliza materiais específicos para alcançar o resultado que desejam, por este motivo, a máquina que é perfeita para um tatuador, pode não funcionar bem para outro que tem um estilo de trabalho diferente.

Teste materiais diferentes e equipamentos novos até encontrar o que melhor responde ao seu estilo de trabalho.

5. Fique atento à higiene

Não importa se você tem 20 anos de experiência ou se começou agora na profissão. A higiene é um aspecto indispensável durante todo o seu trabalho e, principalmente, para a segurança do seu cliente.

Por essa razão, use sempre luvas, máscaras e agulhas descartáveis. Além disso, cubra a superfície utilizada e utensílios com filme PVC, trocando-o ao fim de cada processo.

Outro ponto importante é estar atento à conservação e à limpeza do local — sem abrir mão, é claro, da privacidade para você e seu cliente.

6. Busque profissionalização sempre

Ter talentos e habilidades para tatuar é importante em qualquer estágio da carreira. Entretanto, não buscar novas referências e aprendizados é uma falha que, infelizmente, muitos tatuadores iniciantes ainda cometem. Como você já sabe, o mercado de tatuagens está mais competitivo e seletivo, por isso somente tatuadores experientes conseguem se destacar nele.

Por essa razão, buscar cursos profissionalizantes, palestras, workshops e seminários é uma prática indispensável para reciclar determinados conhecimentos, descobrir novas técnicas e equipamentos, sem falar nas novas tendências que surgem a cada momento e são úteis para o desenvolvimento de um bom trabalho.

Isso mostra que, por mais que você pratique e saiba tatuar, é importante “sair da caixa” e buscar novas inspirações e aprendizados que melhorem seu trabalho para atender com perfeição cada cliente.

7. Aprenda a cobrar pelo seu trabalho

No início da carreira, é natural que tatuadores iniciantes não saibam exatamente quanto cobrar pelo serviço. Colocar valores que estão abaixo do mercado pode atrair mais clientes, mas, consequentemente, desvaloriza seu trabalho, assim como de outros tatuadores que estão no mesmo caminho que você.

Diante da dúvida, vale lembrar que existem diversos fatores que podem influenciar nos valores do seu trabalho. Entre eles está a estrutura do seu estúdio, considerando que esse espaço precisa oferecer conforto e comodidade.

Outro detalhe que precisa ser calculado é sua experiência ou profissionalização, incluindo todos os custos que você já fez ou pretende fazer para aperfeiçoar sua técnica.

Mas isso não é tudo. O tempo que você demora para fazer cada tatuagem também é um fator importante para determinar o preço, então reflita no tempo gasto em cada trabalho, na complexidade da tatuagem, quantidade de sessões e por aí vai.

Além disso, todo o material que você utiliza também precisa entrar na conta, como agulhas, tintas, materiais de assepsia, itens de higiene e outros que não podem passar despercebidos.

Cobrar um preço justo, além de valorizar seu trabalho, te dá suporte para reaplicar este recurso em mais equipamentos e novos cursos, aumentando a qualidade da sua tatuagem e valorizando progressivamente o valor da sua sessão.

8. Aprenda a ser criticado

É realmente frustrante ouvir críticas, pois elas vão aparecer ainda que o profissional dê o melhor de si. Ninguém nasce sabendo absolutamente tudo, então mesmo que você seja um tatuador talentoso, é importante aceitar a opinião de outras pessoas mais experientes ou até mesmo de leigos no assunto.

Com isso, você será capaz de enxergar erros que antes estavam invisíveis, além de aprender a ser mais crítico com o próprio trabalho, buscando assim aperfeiçoamento constante.

Lembre-se de que uma tatuagem não é um presente do qual dá para se desfazer com tanta facilidade, então procure praticar bastante, adquirir conhecimentos e técnicas para replicar, posteriormente na pele, o melhor desenho da sua vida.

Mantenha a mentre sempre aberta para novas opiniões e ideias.

9. Busque referências em outros tatuadores

Quando falamos em referências, a primeira coisa que vem à mente são as tradicionais revistas de tatuagem. Embora esses veículos e as redes sociais disponibilizem um vasto conteúdo interessante para tatuadores iniciantes, também é bacana buscar inspiração no trabalho de outros profissionais que, assim como você, começaram do zero e hoje são grandes referências no cenário de tatuagens.

No entanto, como tatuador é crucial saber a diferença entre buscar referências e copiar exatamente aquela técnica de sombreamento, por exemplo. Dessa forma, busque originalidade em seus desenhos, adicionando técnicas e estilos que façam parte do seu trabalho.

Seguindo nossas dicas para tatuadores iniciantes, você conseguirá aperfeiçoar sua arte sob a pele, desenvolver ainda mais suas habilidades e tornar seu estúdio de tatuagem referência na sua região!

Gostou das nossas dicas matadoras para começar a tatuar? Restou alguma dúvida sobre o assunto? Conte pra gente aqui nos comentários que ajudaremos você!

Recent Posts