Conheça as condutas de higiene que todo tatuador precisa seguir

No incrível mundo das tattoos não há espaço para amadorismo. O mercado de tatuagens vem crescendo vertiginosamente desde que, em 1769, o Capitão James Cook registrou em seu diário a palavra tattow. O termo designava um estranho costume que ele observou na Polinésia, onde homens e mulheres pintavam seus corpos e chamavam esta prática de “tatau”.

Mais de dois séculos depois a “tatau” dos polinésios está totalmente globalizada, e sempre há espaço para bons profissionais e estúdios! Habilidades artísticas à parte, é fundamental que o tatuador atente para as questões de higiene que são fundamentais, tanto para o resultado do seu trabalho, quanto para a satisfação do cliente. Abaixo, você vai encontrar as principais condutas de higiene que devem ser adotadas em seu estúdio. Confira!

Esterilize

Em primeiro lugar, é fundamental trabalhar com equipamentos e produtos de primeira linha e, sempre, esterilizados. Fazer uma demonstração do processo de esterilização em autoclaves das hastes — que ligam as agulhas à máquina — na frente do cliente irá conferir segurança e confiabilidade em seu trabalho.

Cuide da sua higiene pessoal

Realize a lavagem correta e criteriosa das mãos antes e depois do atendimento: use sabão neutro, inclua os antebraços e a parte de baixo das unhas — que devem ser lavadas com uma escovinha. Além disto, utilize luvas descartáveis, avental, máscara e óculos de proteção. Afinal, os procedimentos de higiene são para proteger tanto o cliente quanto você! O tatuador deve, ainda, lavar a área a ser tatuada e limpá-la frequência durante a realização da tatuagem.

Jogue fora

Equipamentos como agulhas e batoques devem ser descartáveis. As sobras de tintas que ficam nos batoques também não podem ser reutilizadas. É importante também sempre encapar a maca ou a mesa com plástico filme a cada novo trabalho.

Mantenha seu estúdio limpo

Um ambiente organizado e limpo é, sem dúvida, um cartão de visitas que demonstra seu cuidado e higiene — o que, por sua vez, traduz-se em profissionalismo. Pense em uma sala de tatuagem como se fosse uma sala de cirurgia, sem alimentos, bebidas e fumaça de tabaco. Também não se deve, sob nenhuma hipótese, permitir a entrada de animais no local, pois o pelo pode causar infecções.

Descarte com responsabilidade

Outro cuidado importante, que vem sendo adotado por muitos estúdios de tatuagem, diz respeito ao descarte do material residual do processo. É que, na prática, eles devem seguir as mesmas normas de descarte de materiais dos hospitais e clínicas médicas — uma vez que as agulhas, contendo resíduos de sangue, podem contaminar catadores e profissionais envolvidos no recolhimento do lixo “comum”.

Como muitos estabelecimentos não contam com a coleta seletiva destes resíduos, boas opções podem ser contratar um serviço especial de coleta ou tentar fazer um acordo com os estabelecimentos de saúde do município. Dessa forma, o material dos estúdios de tatuagem será acondicionado e descartado corretamente. Pode parecer um cuidado excessivo, mas é uma iniciativa de responsabilidade social e só conta pontos a favor do seu negócio!

E agora, munido destas informações sobre as condutas de higiene que todo tatuador deve seguir, o importante é colocá-las em prática. E você, já seguia estes padrões? Fale com a gente, deixe o seu comentário e continue nos seguindo. Aqui, você sempre vai encontrar uma boa conversa sobre nosso assunto preferido: o mundo das tattoos!

banner-ebook-2
Recent Posts