Conheça as 5 principais dicas de fotografia para tatuadores

Uma das coisas mais importantes na hora de divulgar o seu trabalho como tatuador é montar um bom portfólio. Isso porque ter boas imagens das suas tatuagens ajuda a passar uma imagem mais profissional e a atrair mais clientes. Por isso separamos algumas dicas de fotografia para tatuadores.

No entanto, capturar todos os detalhes das tattoos pode ser uma tarefa difícil se você não prestar atenção em alguns detalhes importantes. Para lhe ajudar a registrar a sua arte da melhor forma possível, separamos algumas dicas de fotografia que vão deixar as suas imagens mais bonitas e profissionais. Confira!

1. Não use o seu celular

Fotógrafos profissionais não trabalham utilizando câmeras de smartphones — e existe um bom motivo para isso. Como os aparelhos são menores que uma câmera comum e foram desenvolvidos para desempenhar várias funções além de tirar fotos, suas câmeras possuem sensores pequenos e com definição baixa.

Para produzir imagens realmente incríveis, prefira máquinas semiprofissionais ou profissionais de marcas conhecidas, como Canon ou Nikon.

Câmeras dedicadas produzem imagens mais nítidas, com cores vivas e permitem ajustes manuais, essenciais na hora de conseguir o clique perfeito. O investimento pode ser um pouco maior, mas a qualidade final das fotografias valerá a pena.

2. Escolha a lente correta

Depois de comprar uma câmera fotográfica com mais qualidade, é hora de escolher a melhor lente para capturar todos os ângulos do seu trabalho. As lentes de 50 mm, com abertura de 1.8 ou maiores, são versáteis e muito indicadas para esse tipo de fotografia.

Conhecida como “lente normal”, a 50 mm possui uma perspectiva parecida com a do olho humano, produzindo pouca distorção nas imagens. Além disso, sua grande abertura permite que mais luz entre no sensor, ajudando na hora de fotografar em locais com pouca luz.

3. Prefira a luz natural e fuja do flash

Às vezes, pode ser tentador acionar o flash da câmera, principalmente quando o estúdio está mal iluminado. Nessas horas, é importante não ceder à tentação. O uso do flash pode causar manchas e brilhos indesejados na imagem, além de sombras fortes, típicas da iluminação direta. O mesmo vale para refletores e holofotes.

O melhor é fotografar em ambientes bem iluminados, de preferência com a luz do sol. Agora, se não for possível evitar a iluminação artificial, prefira locais com lâmpadas frias e de tonalidade branca. Assim, as cores da sua tattoo não sofrerão distorção de tonalidade.

4. Tome cuidado com o equilíbrio de branco

Nas dicas de fotografia anteriores, falamos um pouco sobre como luzes artificiais podem distorcer as cores da imagem. Caso não seja possível escapar das lâmpadas artificiais, a maioria das câmeras conta um ajuste chamado balanço de branco.

Ele indica qual tipo de luz está iluminando a cena e configura o sensor, compensando a mudança de tonalidade que a luz provoca nas cores.

Procure no manual de sua câmera como mudar o balanço de branco e escolha a configuração correta para o tipo de luz utilizada, como Tungstênio, Fluorescente ou Luz do Sol.

5. Capriche na edição das imagens

Depois de tirar as fotos, é hora de transferir os arquivos para o computador. Mas, antes de divulgar as imagens em seu site e mandar imprimir, é importante reservar um tempo para a edição.

Utilize programas como Photoshop e Lightroom para fazer ajustes finos de brilho, contraste e saturação ou fazer algum recorte.

Contudo, tome cuidado para não exagerar no uso dessas ferramentas. O ideal é manter a aparência da imagem o mais próximo possível da tatuagem real. Por isso, evite aplicar filtros de cores e usar ferramentas de distorção.

Seguindo todas as dicas de fotografia que apresentamos, você fará ótimas imagens de suas tatuagens. Com elas, será muito mais fácil divulgar o seu trabalho e atrair novos clientes!

Quer ficar por dentro de várias outras dicas importantes para o seu negócio? Assine agora mesmo a nossa newsletter e mantenha-se sempre informado!

banner-ebook-2
Recent Posts