Quais cuidados são recomendados para se tatuar?

Definir o conceito, fazer o desenho, escolher o melhor local… O processo de criação de uma tatuagem é muito divertido e estimula a criatividade. Contudo, antes — e depois! — de gravar o desenho escolhido na pele, existem alguns cuidados recomendados para se tatuar.

Quem está envolvido no mundo das tatuagens já conhece algumas das práticas comuns que são recomendadas ao fazer um desenho. Higienizar os materiais, cuidar da cicatrização e proteger a tattoo recém-feita da luz do sol são algumas delas.

Produzimos este post para reunir, de uma só vez, as melhores dicas de cuidados para uma tatuagem. Continue a leitura para saber mais!

Limpeza e higienização

Parece algo óbvio, mas é importante reforçar sempre. Um estúdio de tatuagem deve ser sempre extremamente limpo, assim como os materiais e os equipamentos que serão utilizados pelo profissional. Tais equipamentos, inclusive, precisam passar pelo processo de esterilização. Além disso, a região da pele em que a tatuagem será feita deve ser bem limpa antes de começar o processo.

Como profissional, você deve abrir a embalagem das agulhas e os frascos de tinta imediatamente antes de começar a fazer o desenho — de preferência na frente do cliente. As luvas também devem ser novinhas e descartáveis e, caso você precise deixar o estúdio para atender uma ligação, por exemplo, o par deve ser trocado.

Atenção aos detalhes

Uma tatuagem é um desenho que ficará gravado na pele de alguém por um longo período de tempo — podendo ser até para sempre. Por isso, todo cuidado é pouco antes de começar a trabalhar com a agulha.

A maioria dos tatuadores trabalha com a técnica de aplicar um stencil com o desenho, que servirá de guia para a versão definitiva. Alguns profissionais mais experientes conseguem desenhar à mão livre, mas isso depende também da disposição do cliente.

Tatuagens com frases e/ou palavras, por exemplo, devem ser conferidas com muito cuidado — com a intenção de evitar erros de grafia ou até um detalhe que pode passar despercebido, como um acento trocado.

Cicatrização e proteção

Existe uma série de cuidados que devem ser tomados depois que a tatuagem já está feita. A maioria delas depende dos clientes, mas é seu dever como profissional passar as orientações corretas para cada um deles.

Assim que a tatuagem for terminada, ela deve ser protegida com um plástico filme para que não haja nenhum risco de contaminação.

O desenho também deve ser protegido da exposição ao sol, pois os raios solares podem acarretar na “expansão” das linhas — e a tatuagem, consequentemente, ficará menos nítida. Além disso, é preciso evitar mar e piscina por cerca de 1 ou 2 semanas para evitar infecções.

Os pigmentos de uma tatuagem são fixados na pele depois de uma ação inflamatória que ocorre apenas na região, que é a cicatrização. Sendo assim, é preciso cuidar do desenho com uma pomada que contenha ácido dexpantenol, que reconstitui o tecido da pele.

Tatuagem é um assunto que envolve muito estilo e criatividade, mas também é uma tarefa séria e que requer responsabilidades! Gostou de conhecer de uma só vez todos os cuidados recomendados para se tatuar? Acha que algum ficou de fora? Conte para nós nos comentários!

Recent Posts